Paranaenses se unem e protestam contra o governo em várias cidades

Manifestantes de várias cidades paranaenses participam dos protestos contra o governo desde o início da manhã deste domingo (16). Em Curitiba, as manifestações começaram às 14h na Praça Santos Andrade, no Centro. De lá, o grupo seguirá para a Boca Maldita, também na região central. A expectativa dos organizadores é de que mais de cinco mil pessoas participem. Já a Polícia Militar espera 20 mil manifestantes.

Desde às 12h30, a PM já fazia o reforço policial na região. Muitos manifestantes demonstram o descontentamento em relação ao governo e a presidente Dilma Rousseff (PT). Muitos ainda citam frases de apoio a Operação Lava Jato e ao juiz federal Sérgio Moro. Até as 14h, segundo a PM, não havia nenhum registro de tumulto em nenhuma das regiões.

Interior
Nas cidades do interior, a manifestação nacional contra a corrupção reuniu cerca de duas mil pessoas. Até as 14h, tinham sido registrados protestos em Foz do Iguaçu, no oeste, Paranavaí e Umuarama, no noroeste.
Em Foz, os manifestantes se concentraram em frente ao Colégio Estadual Bartolomeu Mitre, por volta das 9h, e, em seguida, fizeram uma caminhada pelas ruas centrais. A maioria dos participantes vestiu verde e amarelo e carregou cartazes pedindo a saída da presidente Dilma. Segundo a PM, havia 1,5 mil participantes, enquanto que a organização do evento estimou 1,3 mil manifestantes.
Na fronteira, a manifestação teve ainda o apoio dos servidores da Justiça Federal, em greve há mais de 80 dias. “Estamos aqui para manifestar a nossa posição contra o sucateamento do Poder Judiciário, situação que favorece a impunidade e a corrupção que se instalou no nosso Brasil”, comentou a analista judiciária federal, Vanessa de Oliveira.
Segundo a Guarda Municipal de Umuarama, o protesto que se estendeu por cerca de meia hora reuniu cerca de 200 pessoas na Praça Miguel Rossafa. Já a organização calculou entre 300 e 400 participantes.
E, em Paranavaí, a passeata também exigiu o fim da corrupção e o impeachment da presidente Dilma. Os manifestantes se concentraram em frente à prefeitura com faixas e cartazes. Segundo a Polícia Militar (PM), o movimento contou com cerca de 50 pessoas. Os organizadores do protesto, por sua vez, calcularam 300 pessoas.(Fonte:G1 PR).

Compartilhar